Expedições

Raízes do Rio Amazonas

Da foz à fonte do Rio Amazonas. Uma aventura maravilhosa.

Uma expedição de descobertas fantásticas que virou até livro. Eles vão de moto (8.000km) e barco (1.000km) da foz à fonte do rio Amazonas. Confira!

Toda a Amazônia tem a floresta como pano de fundo, mas é ao longo da bacia do rio Amazonas que a vida pulsa mais forte. Apesar da importância da mata e da força dos inúmeros rios, quem realmente comanda tudo é o Rio Amazonas.

Mas de onde ele vem? Como se forma? Como absorve todos seus poderosos afluentes? Como é a vida sob seu comando? Era isso que queríamos descobrir. As várias formas de vida ao longo do Amazonas, de sua foz até suas raízes nos Andes. Essa foi a base de nosso roteiro.

Atravessamos a região amazônica por uma rota que teve como linha mestra o curso do rio Amazonas em suas várias denominações, que juntamente com seus afluentes formam uma gigantesca bacia hidrográfica, mas também um emaranhado de vilas e estradas de todo tipo.

Sempre que possível, fomos por terra e em vários trechos de barco pelos rios. Fizemos isso desde o Atlântico até os Andes. Da foz do rio, tendo a cidade de Curuçá (Pará) como referência, até o marco da fonte do rio, no Nevado Mismi ao sul do Peru. Descobrimos um mundo diferente, imenso e extremamente heterogêneo. Da água salobra da praia da Romana, às aguas geladas a 5.200 metros de altura nos Andes. Da mata fechada às areias do Vale do Colca no Peru. Dos cosmopolitas Manauaras às famílias ribeirinhas do Alto Solimões. Das comunidades Saterês-Mawê aos Boras, sem esquecer os Kokamas e os Tikunas. Um lugar mais surpreendente que o outro. Um mais lindo que o outro.

Fomos de moto. A moto permite cortar caminhos muitas vezes difíceis para outros tipos de veículos. Na Amazônia há um componente fundamental: a moto, juntamente com o barco, são os meios de transporte das pessoas. Jovens, trabalhadores, senhoras e até famílias inteiras usam a moto para se locomover, para ir até a cidade, levar as crianças para a escola, levar mercadorias, ferramentas, pequenos animais, enfim tudo. A moto faz parte do cotidiano e da paisagem amazônica. Todo dia se vê “voadeiras” e barcos maiores levando motos. A integração terra/água se faz com uma espantosa naturalidade tanto do lado brasileiro como peruano.

Através de registros fotográficos buscamos retratar não só o que vimos, mas também o que vivemos e sentimos ao longo de nossa travessia amazônica. Nosso foco principal foram cenas do cotidiano, das pessoas, dos artistas, dos cantores, da culinária, dos sorrisos e das brincadeiras das crianças. Registramos também diferentes modos de vida, dos caboclos, dos pescadores, dos garimpeiros, das comunidades indígenas, dos isolados das estradas e dos isolados dos rios. Fomos conquistados por essa gente e pela natureza brutal. Também gravamos um momento de grande emoção para nós: a felicidade na chegada à fonte das águas. Uma experiência maravilhosa!

Ao longo de nosso caminho fizemos milhares de fotografias, mas também fizemos centenas de tomadas de áudio e vídeo. Entrevistamos vários personagens que julgamos importantes. Mas o personagem principal e razão da existência dos demais sempre foi o Rio Amazonas. Todo esse material permitiu a edição de um livro e de um vídeo documentário que o acompanha.

Vem com a gente em busca das raízes do Rio Amazonas!

Marcelo Leite

Vem Com A Gente Mundo Afora! Entre em contato!

Galeria de imagens

Livro

Raízes do Rio Amazonas

Raízes do Rio Amazonas

Da foz à nascente - retratos pela maior bacia hidrográfica do mundo.

Inscreva-seInscreva-se para receber nossa newsletter